quarta-feira, 3 de abril de 2013

Páscoa Eterna

Hoje, afastada dos coelhinhos, dos deliciosos ovos de chocolate e de toda propaganda adjacente (aqui não tem nada disso), tenho um novo olhar sobre a Páscoa. Aliás, acho que deveria ser uma festa até mais importante do que o Natal, afinal no Natal Jesus nasceu, mas na Páscoa ele reconciliou todas as coisas com o Criador. Isso é lindo, muito lindo. Deus encarnado, sua vida nos levando para o único lugar em que tudo faz sentido: ao lado do Pai.
Na escola do João participamos de uma encenação sobre a Páscoa. Fizemos uma caminhada por diversos lugares (Monte das Oliveiras, Gólgota) enquanto as crianças faziam o teatro sobre os últimos dias da vida de Jesus, sua morte e ressurreição. Toda a "platéia" estava também vestida com as roupas do tempo de Jesus (no nosso caso uns panos enrolados).
Quem consegue achar o Joca e a Sosô na multidão?

No domingo tivemos um culto normal em nossa igreja, mas foi um repleplé daqueles. Estava mais para Pentecostes do que para domingo de Páscoa.
Algumas pessoas foram profundamente tocadas pelo Espírito Santo e em sua maioria mostravam uma nova liberdade na adoração. A Lau tirou algumas fotos do celular, que apesar de não estarem muito nítidas vou colocar aqui.
 
 

 
Essa mamá do meio se chama Filomena. Ela perdeu seu filho de 1 ano e meio há um mês e era uma das que mais celebrava. Eu e ela cremos no poder da ressurreição e sabemos que por causa da  morte de Jesus vamos poder nos encontrar com o Davizinho em breve. Feliz Páscoa pra você hoje e sempre!





2 comentários:

  1. Fernanda Lellis Loureiro3 de abril de 2013 15:23

    Coisa linda! Deus abençoe vocês! Sua mãe fez uma profecia que eu e o Samuel visitaríamos vocês e serviriámos em Moçambique! Estou crendo demaisss!!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Senhor, por esta leitura...!


    Cybele - Guaíba/RS/Brasil

    ResponderExcluir