sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Fim de ano

Nossos biscoitos de natal (de peanut butter) que demos para os vizinhos com uma mensagem sobre Jesus

Pinguins no final do caça ao tesouro

 Natal com os corredores

Festa em Carrupéia

Que bom poder terminar o ano escrevendo para pessoas amadas, perto de pessoas amadas. Nosso natal foi assim, dia 24 com a família com direito a caça ao tesouro e teatro de Natal. Dia 25 nossa casa ficou cheia. Almoçamos com nossos corredores e alguns amigos. Cantamos, distribuímos presentes, cestas. Sabe aquele ambiente de confraternização gostoso? No menu strogonoff  e bronwnie com sorvete. Tive também que fazer feijão porque segundo minha ajudante Marta "festa de moçambicano sem feijão não é festa".
Para fechar com chave de outro ontem tivemos um culto com um jantar para a família dos trabalhadores lá da obra (nosso bairro se chama Carrupéia, Namicopo é do outro lado da rua). A festa foi dentro da primeira construção do CECORE e teve mais de 100 pessoas.
Hoje vamos virar com nossa igreja daqui. Cesinha vai ficar na churrasqueira assando frango, porque picanha aqui é coisa que eu ainda não vi, kkk.
Para vocês que nos acompanham um 2011 cheio de justiça, paz e alegria, isto é, do Reino! E não deixem de nos visitar por aqui!

Abraços dos Pinguins








terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Casório Moçambicano

Gito, Mena e meu marido lindo no jardim de Maputo

Não posso dizer que os casamentos de Moçambique são assim, mas gostaria de contar nossa experiência em um casamento entre o povo Shangana, do sul de Moçambique.
Um dia antes do casamento o noivo vai até à casa da noiva para pagar o "lobolo" (dote) combinado. Além desse valor cabe ao noivo também pagar pelas roupas da família da noiva, incluindo o vestido de noiva.
O casamento foi comemorado em dois dias. Resumo do primeiro: casamento civil na igreja (os noivos saem e entram novamente para começar o religioso), casamento religioso (as entradas são feitas com uma dancinha de passos), fotos no jardim da cidade (todos os convidados vão), almoço na casa da família da noiva. O primeiro dia começou às 10 horas e o almoço foi servido às 18 horas.
Pausa para a noite de núpcias.
Resumo do segundo dia: culto na igreja (os noivos vestidos de noivos novamente), passeio dos noivos pela cidade, almoço na casa da família do noivo, chegada da mudança da noiva na casa do noivo (isso mesmo, a família já traz os pertences e "entrega").
Tudo isso regado à muita música africana que eu ADORO. Tinha um mini coral uniformizado que acompanhava os noivos em quase todos os momentos e umas mamás (senhoras) muito animadas que cantavam e dançavam toda hora. Sabe aquele barulho que as mulheres fazem com a língua? Chama-se onular? Tem muuuuuito isso também.
Ficamos muito felizes de ver a alegria do Gito e da Mena e de poder compartilhar esse momento com eles, que aqui em Nampula conviveram com a gente e se tornaram nossos amigos. Foi tudo muito lindo e com muita abundância.
Pra fechar com chave de ouro, o porta alianças mais lindo de todos (que depois de mais de 3 horas de espera, teve que ir para dentro do carro, no ar condicionado porque não aguentava mais esperar a hora de entrar,kkkk).

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Mais da viagem

Chegamos!!! Depois de mais de 6000 km on the road : ) Foi tudo muito bom e somos gratos a Deus pela  oportunidade de podermos conhecer pessoas, lugares, culturas. Vou tentar postar algumas fotos da viagem aqui mas não sei quantas vou conseguir pois a conexão está lenta. O casamento em Maputo vai ganhar um post à parte, porque merece. Agora é assar aqui em Nampula aproveitar o resto das férias escolares das crianças (as aulas voltam em janeiro), organizar o Natal dos Corredores do Reino e esperar meu irmão!!!! Sim ele vem, ele e Florzinha de Jesus!

Ela merece!!!!! (na sorveteria da Kibon que na AS chama OLA)

 Igreja na qual ficamos hospedados (Alberton, AS)

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Nossa Estrela



Totória deu um show, aliás, vários. Conseguiu se adaptar numa escola "multilíngue" e recuperar todas as notas que tinha perdido na etapa passada.
Como fechamento do ano as turmas fizeram apresentações de dança, e qual foi a dança mais linda (Lelê, vc foi a princesa mais linda e o Pepê o guarda mais lindo, tá?) de todas ? A da Totória, claro, apresentando Grease. Além disso ganhou o certificado da aluna mais criativa da sala. Ficamos todos muito felizes e orgulhosos da nossa Estrela, bela por dentro e por fora.
Agora é curtir as férias e brincar de restaurante com o irmão!


Mudando do pano pra manga, ontem teve um culto na nossa igreja com a Valnice Milhomens que durou 4:30hs, igreja lotada, nesse clima fresco aqui de Nampula. Olha o estado da galera:


Recebemos notícias que nossos amados Ciney e família estão alegres e bem tratados aí. Cuidem deles direitinho e depois mandem de volta pra gente, tá? Se não der pra postar da viagem vamos dar uma sumidinha, mas já já voltamos.... Saudades!!!!!!!!!!!!!

domingo, 21 de novembro de 2010

Chuva

 
Inaugurada a temporada. Hoje recebemos nossa primeira chuva da estação. Eu estava na machamba (roça) da minha amiga Ana quando a chuva chegou. Vamos sempre lá onde ela me presenteia com cebolas, couve e outras delícias. E lá, em campo aberto vi a chuva se aproximando, em toda a sua grandeza. Que coisa linda. Um alívio para a terra e pra nós que estávamos há quase 5 meses em seca.
Na estrada crianças peladas se divertiam enquanto mamás carregavam bebês ensopados em suas capulanas. Os de bicicleta (que como diz a Eliz - aqui é transporte de carga) continuavam firmes debaixo de chuva.
Eu via aquele tanto de casas com teto de palha e pensava: meu Deus, faça com que não chova lá dentro.
É, a chuva assim como a vida tem coisas boas e ruins. Aliás não é nem a chuva, porque eu acho que se a gente se esforçasse um pouco mais não teriam famílias em casas de teto de palha, nem em barracões como no Brasil. E vocês, amigos do bloguie, o que acham?

sábado, 13 de novembro de 2010

Cenas

Oi amig@s do bloguieee!

Na semana passada nossa máquina foi roubada. Então vamos precisar que vocês tenham um pouco de paciência para esperar nossas próximas fotos e filminhos : )

Enquanto isso selecionei algumas fotos, gentilmente cedidas por nossa amiga Simone de sua última viagem à Ilha de Moçambique, para que vocês conheçam algumas cenas que presenciamos diariamente. Vocês vão perceber que o comércio informal (ambulantes e feiras livres) é a atividade mais frequente por aqui.

Espero que gostem!

Feira Livre

Vendedor de doce de amendoim

Lavando roupa no rio

Casa típica, feita de bambu e barro

Mesquita

Vendedora de peneiras e vassouras

Irmãos

Carregando água na cabeça

Vendedor de peixinho seco

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Piadinhas

Cesinha fazendo o orçamento para construirmos o CECORE.

 - Quanto é para puxar energia para o nosso terreno? 1.400.000 meticais (70mil reais)
 - E para terraplanar o terreno? 1.500.000 meticais (75 mil reais)

Kkkkkkkkkk.....
 
******************************

Rebeca em uma vila tentando falar em macua "eu sou casada e tenho 2 filhos".

- Eu tenho dois maridos.

Kkkkkkkkkk.....

 *******************************

Ontem depois do banho eu estava fazendo uma "supervisão" no João e falei:

- Filho, debaixo do seu braço ainda tá muito sujo!
- Né sujo não mãe, é que tá nascendo pêlos.

PÊLOS?!? Kkkkkkkk....





quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Recebendo visita


   Meus pais ainda estão comigo, mas a equipe brasileira já partiu há tempos, deixando saudades. Como foi e tem sido bom ter esse pedacinho do Brasil com a gente. Fora que eles trouxeram nas malas (e põe mala nisso) muito amor e presentes de várias pessoas queridas do Brasil. Lemos as cartinhas, abrimos os presentes e comemos docinhos feitos com o mais maravilhoso leite condensado do mundo : )
   Tivemos a oportunidade de juntos visitarmos uma vila há 170km de Nampula. Foi minha primeira experiência em uma vila em Moçambique e gostei muito. A equipe me surpreendeu tamanho amor pelo povo e disposição para comer a comida local : ) Os carros não chegavam até lá, então fomos recebidos pelos moradores que cantavam o hit parade "Receber visita", enquanto caminhávamos em direção à vila. Muita emoção né, Raicle, Marcelo, Ceres, Déia e Joaci? 
   No tempo em que estiveram aqui rimos muito e partilhamos muito também. Empaka nihuku nikina apathanni! Até outro dia amigos!
    Logo em seguida chegou meu pai, que juntamente com minha mãe que já estava aqui nos trouxeram muita alegria. Puderam conhecer nosso trabalho, nossa igreja, nossa vida aqui. Tivemos também a oportunidade de fazer uma pequena viagem com eles para mostrar as belezas de Moçambique.
    Ter meus pais aqui foi mais do que a realização de um sonho, porque era algo com o qual eu nem ousava sonhar. Foi maravilhoso compartilhar esses dias com essas duas pessoas maravilhosas que Deus nos deu.
   Obrigada a todos que enviaram cartinhas, presentes e que possibilitaram que esses queridos estivessem com a gente.

Raicle achando que é moçambicana


Chegando na vila


No aeroporto
Apresentação na igreja com danças e capulanas


Praia de Chocas

Ilha de Sete Paus

sábado, 16 de outubro de 2010

Níver João

Acabei de terminar de "limpar" a festa e estou muuuuuuuuuito cansada, mas tinha que postar. Quero agradecer a tod@s que de alguma forma contribuiram para o aniversário do Janjão, em especial ao GD da Sil que enviou tantas coisas para a festinha. O João gostou muito e ganhou muitos presentes, inclusive sua primeira bicicleta. Depois escrevo mais sobre a equipe do Brasil que esteve aqui e sobre a visita de Papis e Mamis !!!!

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Moçambiquês

Depois que mudei para cá descobri que não existe apenas português, mas também brasileirês e moçambiquês. Aproveitando a chegada da equipe e para ajudar as próximas equipes que virão segue uma pequena amostra:

bala = rebuçado
vigiar carro = controlar
jogar fora = deitar
suco = sumo
blusa = camisola
cueca = calcinha
calcinha = biquini

Para a tristeza de nós mineiros, aqui não falam levano, comeno, brincano, correno. É uma pena né? Aqui é: estou a levar, estou a comer, etc.

Então....estou aqui a aproveitar minha querida mãe, a comer queijo e a tomar café (brasileiros!).

Abraços

domingo, 3 de outubro de 2010

Em obras


Estou aqui apenas para justificar nossa ausência bloguística, que é por um bom motivo. Amanhã vamos receber uma equipe do Brasil: Raicle, Ceres, Marcelo, Andréia, Joaci, Hadassa e a minha querida e amada MAMÃE (aqui em casa ficam Raicle, Mamis e logo depois....PAPAI!!!!!!! - é muita alegria pra uma pessoa só)!!!!

Por isso nossa casa está "em obras": cavamos poço, detetizamos, arrumamos portas quebradas, finalizamos a casa dos cachorros, fizemos blocos com a terra que tiramos do poço, além de termos que carregar água pra lá e pra cá. Pelo menos estamos malhando os bracinhos, kkkk.

Essa semana vai ser muito corrida também, mas vamos tentar aparecer por aqui. Enquanto isso votem no tema para nosso próximo filminho.

E por falar em votação...votaram na Marina?

Abraços,
Rebeca

sábado, 11 de setembro de 2010

A Arca de Noé


Quem gostou põe o dedo aqui, que já vai fechar!!!! Não é lindo nosso carro? É uma van Noah (Noé) 97 em ótimas condições e conseguimos comprá-la por um bom preço.
Nossos corredores ficaram tão felizes, que fizeram até uma música de agradecimento a Deus pelo carro, uma versão em macua e outra em português. Essa foto é do dia que eles fizeram a música, foi o mesmo dia em que fizemos o aniversário de dois deles aqui em casa, Dailor e Marcelo. O Dailor até chorou de alegria e todos se divertiram muito, dançando e cantando.


Com a van agora podemos fazer os treinos na pista do Clube dos Ferroviários. É muito melhor para os corredores treinarem na pista e treinando lá o Cesinha tem dado uma força para a equipe de atletismo do Ferroviários também.

Surpresa....

Em breve fotos... Aguardem!!!

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Eles voltaram!!!

Depois de muitos dias e de muita aventura.... nossos amigos chegaram!!! Eles estiveram trabalhando em diversas vilas e distritos e experimentaram as riquezas da cultura de Moçambique. 
Muito obrigada Papai do Céu por guardar nossos amigos e trazê-los de volta !

sábado, 4 de setembro de 2010

Caos em Maputo



Resultado das manifestações em Moçambique: 10 óbitos; 149 feridos, dentre os quais 27 graves.

Fonte: O País On line